tentando não reclamar.

É cada vez mais difícil para pessoas como nós aceitar o mundo de hoje e os seres humanos que nos tornamos, por outro lado, com tantas regalias e informação para todo lado,  é cada vez mais difícil reclamar, é errado reclamar, há tanta coisa na estrada, tantos sorrisos bonitos  além das janelas, a tantas vibrações bonitas no violino do Shawn James e tanto amor ácido e deturpado nos poemas beatniks. Eu perdi um pouco a arte com as palavras baby, mas ainda estou aqui pra dizer muita coisa, eu tenho uma certeza tatuada com letras garrafais no meu peito, o que não diz nada pra ninguém  mas pra alguns define o que eu sou. Seja otimista.É como ver beleza na luz das chamas na Mata Atlântica  encontrar melodia no estrondo de um carro derrapando naquela curva, ver anjos levando uma alma daquele que se matou enforcado. Entre e coloque o cinto de segurança, tenho um violão, alimento, malte processado e um amor rústico guardado no porta-malas pra lhe oferecer.

Anúncios

Sobre Cabeção

Escritor e musico não praticante, amante de sexo, video game, bebidas e qualquer outra coisa que envolva orgasmos múltiplos. Ver todos os artigos de Cabeção

2 respostas para “tentando não reclamar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: